quarta-feira, 21 de junho de 2017

PICOS DE EUROPA 2017 - III



3º dia nos Picos de Europa
17 de Junho de 2017

Nesta sexta-feira e tal como as previsões tinham auspiciado, o dia amanheceu limpo e com sol, ainda fresco mas a ficar-se com a sensação que as temperaturas iriam subir.

De facto assim sucedeu e foi um dia bem quente e com sol que permitiu apreciar as paisagens com outra "luz".


 

Saímos de La Corrolada cerca das 09:00 (que Diabo, estávamos de férias e não havia que nos levantar cedo...embora eu tivesse gostado que ... 😉 quem me conhece sabe que sou um madrugador incorrigível) e pela AS-114 rumámos a Panes para aí tomarmos a N-621 que nos haveria de conduzir a um dos míticos locais dos Picos de Europa: o  Desfiladeiro de Hermida.



A estrada e o Rio Deva acompanham-se mutuamente durante muito kms ora entre altas e escarpadas falésias ora em percursos mais largos entre encostas verdes ... é um cenário lindíssimo e não se pode afirmar, com sinceridade, que "ali é mais bonito que aqui"... todos os kms que se percorrem são fantásticos.







Uma breve paragem numa das várias pontes pêncil para a foto a abanar 😉


E os pouco mais de 15 kms do desfiladeiro de Hermida até Potes foram percorridos em toada calma como a estrada e as paisagens aconselhavam.

A cada curva a nova paisagem nos surpreendia ...

Não parámos em Potes pois o destino era o teleférico de Fuente Dé a cerca de 22 kms ... igualmente uma estrada lindíssima mas mais "aberta" o que permitia ver as montanhas mais altas ao longe.


Ao longe era já possível ver a encosta mais famosa do lado sul dos Picos de Europa, onde o teleférico vai aportar depois duma subida de mais de 700 metros até ao miradouro de El Cable cuja altitude ultrapassa os 1800 metros.

Para além de jovens em excursões escolares estavam também várias dezenas de "caminheiros" que iriam subir para apanhar uma das rotas mais famosas dos Picos, os Horcados Rojos.


Optámos por não subir pois havia uma fila que demorava cerca de 2 horas e ... achámos que, assim ficava um forte pretexto para lá voltarmos. 😉


Potes é uma lindíssima vila, do lado este dos Picos de Europa e, tal como Cangas de Ónis, tudo em si gira à volta do turismo.



No entanto, Potes tem um centro histórico mais bonito, com as tradicionais ruas estreitas e a cada porta um "comércio".


Depois de almoço e porque tínhamos o tempo que não usámos na subida do teleférico, resolvi levar os meus companheiros a uma estrada  que vai de Arenas de Cabrales (a terra do famoso queijo azulado e com um intensíssimo cheiro) até ao funicular de Bulnes e dali, sempre a trepar, até Sotres e depois até Tresviso onde acaba.

Esta estrada, para além de soberba paisagísticamente, é também conhecida por ali se realizar uma das etapas mais duras da "vuelta".


Uma pequena paragem em Poncebos para refrescar a garganta e depois toca a "trepar" ...


Uma foto num dos vários túneis que há nesta estrada ...

video



E é esta a estrada para Sotres ... situada a "meia-encosta" percorre todo o vale sempre a subir ...


Uma paragem em Sotres para ir a um miradouro um pouco escondido dos turistas menos atentos ...


e para que lá se chegue é preciso caminhar 2 centenas de metros ...


Somos depois recompensados com uma paisagem magnífica de que destaco a "pista" em "Z" que prossegue até Fuente Dé, a cerca de 14 kms.


e a foto de grupo - 1, o fotógrafo não pode ser sempre o mesmo... desta vez calhou a "fava" a outro 😉


e o regresso proporcionou ainda esta foto, podendo ver-se no lado esquerdo a CA-1 que estávamos a acabar de percorrer.

Bom, e estava na hora de voltar a Avín para descansar (alguns), ir a Cangas de Ónis às compras (outros) e ainda ir dar umas voltar para explorar umas "placas" que tinha visto durante o passeio (eu)...

Assim foi...







Fui dar umas "curvas" por estes lindo locais para que, no próximo passeio, os possa mostrar aos meus amigos.

E o final de dia foi uma jantarada "à maneira" no parque de Campismo Picos de Europa em Avín, a escassas centenas de metros do nossos alojamento, onde encontrei alguns amigos que por ali também andavam no passeio.


Sem comentários:

Enviar um comentário