domingo, 30 de setembro de 2012

DOMINGO, DIA DA FAMÍLIA ...

Há já muito que estava combinada a visita que a minha filha Patrícia nos iria fazer ... 
O Pedro, seu marido, tinha uma actividade "daquelas" relacionadas com escuteiros, vida ao ar livre, campismo e sobrevivência em pinhais infestados com nemátode, ... e aproveitavam a vinda para Norte.

É sempre um momento de grande alegria  poder rever alguém de quem gostamos e que, apesar da distância que nos separa não ser elevada, a "vida" dos dias de hoje é um sorvedouro de energias e tempo que ... se os dias tivessem mais horas, mais coisas arranjaríamos que fazer certamente.

Bem, adiante ... encontràmo-nos em casa de meu pai porque os pequenos deliram ao ver a "bicharada" ... ovelhas, cabras, galinhas, patos, cães, gatos, ... e a habitual volta de tractor que é sempre um dos momentos altos da visita.

As despedidas são rápidas ... não gosto de despedidas já sabem e, por isso, apresso-as o mais que posso ... "vá lá, olhem o trânsito", "os meninos estão no carro ao sol", "vejam lá as horas", "não se atrasem ..." ... que me conhece sabe bem que é a maior parte das vezes assim que me despeço ... fico depois com os meus pensamentos e, se alguma teimosa lágrima escorregar dos olhos humedecidos ... ninguém dará por isso e escuso de disfarçar com "tosses", "espirros" ou "fungadelas" ....

Bem, aqui ficam algumas das fotos de hoje.


Os meus filhos, Joana, João e Patrícia, e os meus netos
Gabriel e Francisco, em pose "equipe de futebol"


O Gabriel e o Francisco a dar umas folhas de couve às ovelhas


O Gabriel entre o Tio João e o bisavô João, meu pai


O Francisco na galhofa com os tios, Joana e João


O João Nuno na condução do tractor do avô levando os pequenos na "gamela"



O Francisco na condução ....


Calma lá Francisco que aqui é preciso curvar ...


O Francisco na brincadeira com a Joana



A "Avódrasta" Lena com o Gabriel ...

sábado, 29 de setembro de 2012

AS PPP's (PALERMICES PARA PORTUGUESES)



Pois meus caros ...

Tenho andado muito atento a todas as notícias sobre as PPP's, as investigações do Ministério Público e a buscas da Polícia Judiciária ... 
O que eu queria mesmo era que "isto desse em alguma coisa", assim tipo (como diz a minha filha) que alguém fosse mesmo acusado e condenado por andar a "abotoar-se" com o dinheiro dos meus impostos e com o que têm subtraído aos pobres reformados.

Sabem que aqui há "meia-dúzia" de anos, quando era primeiro ministro "O Fugitivo de Paris", estava para se realizar mais uma meia-maratona na Régua mas, como andava em obras uma importante via por onde era costume a prova passar, os técnicos da EP (Estradas de Portugal), desaconselharam a sua passagem pela via em obras até porque uma ponte tinha sido demolida e a nova estava ainda em construção não permitindo a sua travessia ...

Pensam que isso demoveu a organização?
Claro que não !!!! ... A Câmara Municipal fez queixa ao secretário de estado que se deslocou à Régua e ordenou ao técnico responsável da obra da EP que "não pode ser, o Sr, 1º ministro vem cá participar nos primeiros metros da meia-maratona e tem que resolver o problema... a prova é para passar pelos locais habituais ..."

"Manda quem pode obedece quem deve", velho ditado popular que aqui se aplica na perfeição e outra alternativa não restou ao responsável pela obra, mesmo depois de apontar alternativas, dizendo que "por ali, depois por acolá, ... a prova tem exactamente a mesma distância", que tratar com um empreiteiro a construção dum pontão provisório que substituísse a velha ponte demolida e permitisse passar a caravana da Meia Maratona da Régua...

E assim foi ... Cerca de 120.000,00 foram imediatamente demolidos e "deitados ao lixo" assim que a caravana passou ... claro está, depois de muitos aplausos para o 1º Ministro maratonista !!!!

E é assim este país... uma cambada de incompetentes, politicozinhos da treta, que apenas se governam a si mesmo e dão ao povo "Pão e Circo" para o ir entretendo .... "
"Vão-se foder" como alguém escrevia num jornal há dias !!!!




MAIS UMA ATLETA DA AAC VOLEIBOL

Ah pois é !!!! ....
Depois do irmão, também a Joana decidiu prosseguir na modalidade de que tanto gosta de praticar.

Apesar de ter tido muita pena de deixar o CAIC, já se integrou perfeitamente (ou não fosse ela "a" Joana) no novo grupo de amigas do voleibol da equipe de juvenis da AAC.
Os cortes orçamentais que se têm vindo a verificar estão a pôr em causa a formação do voleibol naquele colégio. Temo que a tão longa e rica tradição daquela popular modalidade se vá perdendo e, em breve,  venha mesmo a extinguir-se, o que seria de todo lamentável.
Como não poderia deixar de ser, uma palavra de agradecimento a todos os educadores que acompanharam a Joana e que contribuíram para o seu crescimento como atleta e pessoa.

Hoje vai até Lisboa, a um torneio do Volei Clube de Lisboa, integrada na comitiva da AAC que faz deslocar à capital as equipes de séniores masculinos e femininos e a de juvenis femininos.

Boa viagem e divirtam-se.








Aqui no meio do João David e do irmão João Nuno
(que faz sempre um grande frete para tirar fotos com a irmã...)




sexta-feira, 28 de setembro de 2012

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

O VERDADEIRO ADEPTO



Um sujeito estava no melhor camarote do estádio, preparado para assistir à final da mais importante prova de futebol a que o seu clube, de que era sócio desde criança, tinha atingido.
A seu lado estava um lugar vago e um adepto, que estava logo em baixo e ao ver que o jogo iria começar dentro de instantes e vendo o excelente lugar desocupado, perguntou;

- Esse lugar está ocupado?
- Não, não está.
- Incrível !!! ... quem em seu perfeito juízo iria deixar de assistir a um jogo destes tendo bilhete?
- Bem, na verdade, o lugar é meu, … tenho estes dois lugares do camarote cativos.
E fixando o adepto nos olhos prosseguiu:
- Este lugar é de minha mulher e será o primeiro jogo que não assistiremos juntos há mais de 20 anos.
Surpreso, o adepto diz:
- Mas … e o senhor não encontrou ninguém que pudesse vir no lugar de sua esposa, … um parente, um vizinho, um amigo … ?
O homem nega com a cabeça, entristecido, e responde:
- Não ... estão todos no seu funeral !!!!!!

DICA DE SEGURANÇA (Sexual) DO DIA




Preservativos não garantem sexo seguro.
Um amigo meu estava a usar um quando foi alvejado a tiro pelo marido dela.



quarta-feira, 26 de setembro de 2012

EDUCAR: O PURGATÓRIO INFINITO


Há temas e questões que, de forma recorrente, estão sempre presentes na minha vida.

Um deles é a permanente preocupação em saber, a cada momento, se estarei a fazer o melhor pela educação dos meus filhos.
A linha que separa a responsabilidade da liberdade quase nunca é recta, evidenciando curvas mais ou menos pronunciadas de acordo com o que se tem em presença ou, até mesmo, acrescento eu, com as variações de humor que todos temos (eu, pelo menos …)
Se o “não” é tão pedagógico como o “sim” como o afirmam alguns entendidos nestas matérias (é pelo menos, o que refere a publicidade aos programas onde estes intervêm), para casos iguais, com intérpretes diferentes, a sua aplicação não é assim tão linear nem tão exacta.

Para quem tem dois filhos ainda menores, em permanente formação intelectual e tão distintos nas suas personalidades quanto rica é essa diferença, tem, diariamente, o supremo encargo, qual purgatório sem data de vencimento, de avaliar o equilíbrio e a sensatez dos seus “não” e dos seus “sim”.

Tudo isto que aqui digo não soará estranho a nenhum pai que me leia pois, estou certo, partilharão comigo a angústia diária de tal governo.
Há coisas, no entanto, que não precisam de avaliação tão óbvias se tornam, para louvar e apontar como exemplo ou, na outra face da mesma moeda, criticar e lembrar que “aquilo, nunca !!!”

 Esta reflexão suscitou-se-me por ter visto, num mail que uma insuspeita amiga me enviou, uma afirmação dum actor (nem sei de quê,… se de novelas, de teatro, …  confesso que não acompanho as novelas e os nomes dos actores desta nova geração “Morangos com Açúcar” pouco ou nada mesmo me dizem …) e que me deixou a pensar que há uma visão mais prática do mundo do que aquela que pretendo incutir aos meus filhos …

Continuo a acreditar que valores, ética, princípios, … ainda são os pilares desta sociedade apesar de, às vezes, não parecer quando se vêm endeusados “personagens de plástico” que, espremidos, apenas conseguem deitar “caca de galinha” e desculpem-me estas pela comparação.
 Para os mais curiosos, aqui fica reproduzido o texto que me fez dizer estes disparates.


Escrito pelo David Almeida (actor) no facebook: "45 mil candidatos ao ensino superior e 85 mil à casa dos segredos. Acho normal, porque tem mais saídas profissionais, podes ser actor, apresentador de tv, relações publicas de discotecas, namorada de um jogador de futebol, trabalhar no varão ou em bares com sofás e champanhe, ser acompanhante de luxo. Enquanto um curso superior garante-te desemprego."

OPTIMISMO E PESSIMISMO




Diz o optimista:
- Se isto continua assim, acabaremos todos a pedir esmola.

Responde o pessimista:
- Mas a quem? ... a quem?




terça-feira, 25 de setembro de 2012

A FUNDAÇÃO DE PORTUGAL E AS FUNDAÇÕES



O nosso glorioso D. Afonso Henriques, andou á porrada com a mãe, com o primo, com os mouros, e, afinal, toda esta pancadaria para quê?.
Se ele pudesse adivinhar no que o pais que estava a fundar se iria transformar neste antro de oportunistas, exploradores, politicos da treta, vigaristas, especuladores, fugitivos da justiça, ...
A fundação de Portugal foi um acto de bravura e grito de independência, em tudo diferente do que são, hoje, as "fundações".

A seguir, um excerto dum artigo de Miguel Sousa tavares, no Expresso, sobre o que o governo decidiu àcerca daquelas.





Leram bem? ... a Fundação Social-democrata da Madeira ficou classificada à frente da Calouste Gulbenkian ... cambada de imbecis ... nem sabem quem foi Gulbenkian quanto mais classificar a fundação que gere o seu enorme legado !!!!

A PRODUTIVIDADE EM PORTUGAL

Olá a todos.
Tenho estado atento a todas as discussões sobre a alteração da TSU, o agravamento dos impostos, a redução das prestações sociais, ... tudo em nome do equilíbrio financeiro do país que, ao que nos contam, é deficitário muito por culpa da fraca produtividade dos portugueses.

Apesar de não concordar em absoluto com essa teoria, pois conheço imensas pessoas que trabalham mais do que as 8 horas por dia, não posso deixar de reconhecer que, em casos muito pontuais, existem casos, bem identificados,  de baixa produtividade e que estragam a média.

Não me refiro ao óbvio exemplo da função pública tão martirizada já com os variadíssimos "apontar de dedo"  e  que a ela demonizam e responsabilizam por todos os males, ... a iniciativa privada tem também as suas culpas.




Nesta foto, uma empresária do ramo da distribuição alimentar ambulante, apesar de ter concerteza isenção ou diferenciação de horário, não é um bom exemplo de produtividade de que o país tanto necessita.


segunda-feira, 24 de setembro de 2012

LIÇÃO DE HISTÓRIA

A pequena lição de história que hoje aqui vos trago tem uma correspondência com a actual realidade portuguesa que me leva a perguntar se, efectivamente, esta não é mais do que repetições em que apenas os personagens são outros, ...

O episódio que aqui quero recordar teve lugar em França, no sec. XVII, na corte do désposta Luis XIV, também conhecido como o "Rei-Sol", tal a cultura egocêntrica de absurdo absolutismo com que governou.
Bem reveladora da sua personalidade, a ele se atribui a frase: "L' État c'est moi" (o estado sou Eu).

Ficheiro:Louis XIV of France.jpg

Luis XIV (1638-1715)

As duas personagens deste diálogo são COLBERT e MANZARINO.

COLBERT (1602-1661) foi ministro de estado e da economia de Luis XIV e eram-lhe reconhecidas competências e preocupações com os elevados gastos do estado e da sumptuosidade da corte.



Colbert

O Cardeal MANZARINO (1602-1661), bispo de origem italiana que, ao mudar-se para França e graças à sua astúcia e refinada habilidade para se movimentar na corte francesa, conquistou os favores da Rainha, tutora daquele que viria a ser Luiz XIV. O seu mentor e inspirador foi o também famoso Cardeal Richelieu (1585-1642), arquitecto do absolutismo real e da liderança francesa na Europa e que foi o todo-poderoso 1º ministro de Luis XIII.
Reveladora do carácter de tal personagem, a ele se atribui a frase "Observa as virtudes e os vícios de cada um ... poderás, em caso de necessidade, jogares uns contra os outros para comandares alguém" ... elucidativo.



Cardeal Manzarino

Pelos registos disponíveis, a "léria" terá sido assim:


Colbert: Para encontrar dinheiro, há um momento em que enganar [o contribuinte] já não é possível. Eu gostaria, Senhor Superintendente, que me explicasse como é que é possível continuar a gastar quando já se está endividado até ao pescoço...


Mazarino: Se se é um simples mortal, claro está, quando se está coberto de dívidas, vai-se parar à prisão. Mas o Estado... o Estado, esse, é diferente!!! Não se pode mandar o Estado para a prisão. Então, ele continua a endividar-se... Todos os Estados o fazem!


Colbert: Ah sim? O Senhor acha isso mesmo ? Contudo, precisamos de dinheiro. E como é que havemos de o obter se já criámos todos os impostos imagináveis?


Mazarino: Criam-se outros.


Colbert: Mas já não podemos lançar mais impostos sobre os pobres.



Mazarino: Sim, é impossível.


Colbert: E então os ricos?


Mazarino: Os ricos também não. Eles não gastariam mais. Um rico que gasta faz viver centenas de pobres.


Colbert: Então como havemos de fazer?


Mazarino: Colbert! Tu pensas como um queijo, como um penico de um doente! 
Há uma quantidade enorme de gente entre os ricos e os pobres:
Os que trabalham sonhando em vir a enriquecer e temendo ficarem pobres.
É a esses que devemos lançar mais impostos, cada vez mais, sempre mais! Esses, quanto mais lhes tirarmos mais eles trabalharão para compensarem o que lhes tirámos. 
É um reservatório inesgotável.


--------------------
É ou não actual ????... poderíamos alterar os personagens para Soares e Hernâni Lopes, Cavaco e Miguel Beleza, Guterres e Guilherme d'Oliveira Martins, Sócrates e Teixeira dos Santos, Passos Coelho e Vitor Gaspar, ...


domingo, 23 de setembro de 2012

O (NÃO) PASSEIO A MANTEIGAS



Quando NÃO saí de casa tinha 23.144 kms ...

Eram 11:30, conduzia eu o pequeno Clio no regresso de Coimbra, onde tinha levado a Joana para mais um treino de voleibol, da equipe de juvenis femininos da AAC ... ouço o barulho familiar do meu telemóvel a tocar dentro da bolsa onde o costumo guardar, junto com a carteira, o porta-moedas, lenços de papel e outras porcarias ....

Quando finalmente o consegui retirar da bolsa que, nestas alturas me parece uma mala de mulher atafulhada de inutilidades, e já quase sem esperança de que quem me estivesse a ligar ainda tivesse a paciência que me falta sempre quando ligo a alguém e, ao fim de 2 ou 3 toques, penso já que "não está", "não me quer atender", deixou a porrra do telemóvel e ..."
eis que ao conseguir segurá-lo vejo no seu visor "Aires Pereira (BCP).

- Estou Aires... tás porreiro? ... então?
- Olá João, tudo bem?... estás onde?
- Bem, estou a chegar a casa porquê?
- Estás a brincar comigo !!!!
- Eu ??? ... ora, então...
- Sim, então não era suposto teres vindo à Serra da Estrela ao passeio da malta do Motoclube do BCP?
- Fosga-se ó Aires !!!! ... mas essa merda é amanhã !!!!
- É é ... então dia 22 não é hoje?...
- ....
- Tou?... tás a ouvir-me João ?
- Ó Aires, fod@-se ... nem sei que te diga ... então não era amanhã domingo?
- Não pá !!!.. então, dia 22 é hoje ... sábado.
- Pois tens razão, dia 22 é hoje mas não sei porque raio pensei sempre que era domingo ... cum ganda catano !!!!
- Eheheheh
- Vê lá tu que até tinha dito aos miúdos "domingo vão almoçar ao avô que eu vou dar uma volta de moto com a mãe e uns amigos até á Serra da Estrela ... ca ganda porra pá !!!!
- Olha João, vê se dá para ir almoçar connosco a Manteigas cerca das 13:00.
- Huuumm... não sei Aires, tenho que ir buscar a  Joana daqui a pouco ao treino e ... que ganda merd@ pá
- Bem vê lá...  se der, tudo bem, senão ...
- Ó Aires ... olha desculpa ... quando um gajo não toma a gotas dá nesta merda... esquece-se das coisas. Desculpa-me e dá cumprimentos ao pessoal ...

Fónix !!!! ... já viram isto ?
Eu a preparar as coisas para ir todo lampeiro mais a "Maria" dar uma voltinha à Serra da Estrela, de moto com os amigos do costume e ... estragou-me o fim-de-semana esta porcaria ...

Assim, a crónica que eu já estava a idealizar do passeio,a acompanhada com as fantásticas fotos habituais ... vai ter que ser feita na mesma mas de modo diferente .. vamos lá a ver como sai.

Então é assim:

Eram cerca das 09:00 quando NÃO saí de casa em direcção à Covilhã. O tempo estava agradável, sol radioso e temperatura próximo dos 25º.
Pelo IP3, estrada habitual quando viajo para o interior, depois pelo IC6 até Tábua e logo logo,... Seia e a subida para a Torre, atravessando a serra para o outro lado.

Como combinado, NÃO me encontrei com os meus colegas Aires Pereira, Miguel Talhão e pendura, o Gonçalo Fernandes e o Duarte Lopes, para além do Filipe Massano, este o organizador e guia do evento ..... na Covilhã, na praça em frente ao tribunal, para uma prova de queijos e emborcar uns copos para ajudar o queijo a deslizar pelo esófago... coisa que os queijos têm sempre muita dificuldade em fazer, daí o se dizer que devem ser acompanhados dum bom vinho pois são cientificamente conhecidas as suas propriedades para "empurrar" ...

Depois de NÃO termos dado mais umas lérias, NÃO fui até á Torre para um cafézinho e mais umas fotos, NÃO seguindo depois pela serra, em passeio idealizado pelo Filipe Massano que NÃO me conduziu até Manteigas, onde reside, belíssima cidade serrana onde NÃO iria almoçar.

Pouco passavam das 13:00 quando NÃO cheguei ao restaurante "A Cascata" e onde NÃO saboreei o seu famoso bacalhau com broa acompanhado de vinho verde "à pressão" que NÃO me fez mal nenhum !!!!

Depois dumas saladas de frutas e mais queijos, NÃO fui para a esplanada onde NÃO conversei com ninguém ... até às 16:00 altura em que NÃO decidi regressar pois NÃO tinha ainda vários kms pela frente para desbravar alcatrão ...

Claro que por todos os locais onde NÃO passei, fartei-me de NÃO tirar belíssimas fotos para poder deliciar os meus amigos e leitores que estão sempre à espera de novidades dos meus passeios.

E "prontos" ... NÃO foi assim este belo passeio pela Serra da Estrela com este pessoal simpático que já não via há tempos ...

F0d@sssssseeeee ... que merda de sábado


Quando NÃO cheguei a casa, tinha 23.144 kms


ESTATÍSTICA DOMINICAL






HUMOR DE DOMINGO



Hoje de manhã no Sarzedo, Arganil ...

- Bom dia Sr. Zé, tá tudo bem?
- Bom dia ... havia de me ver a televisão da sala... dá "gafanhotos".
- ...

Ó pai, o avô devia estar a ver a BBC vida selvagem !!!!

Esta Joana, dá cabo de mim ....



sábado, 22 de setembro de 2012

PENSAMENTO DO (TEMPO PERDIDO) DIA




Eu olhei pela janela, vi um cachorro perseguir o próprio rabo por 10 minutos e pensei:
"Meu deus, como os cachorros são facilmente entretidos."
Só aí percebi que fiquei 10 minutos olhando um cachorro perseguir o próprio rabo.


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

O POVO ESTÁ CHATEADO !!!!!


O descontentamento popular está a atingir proporções inimagináveis ...
vejam lá que, numa estrada da Serra da Estrela, alguém quis manifestar o seus desagrado pelas medidas de austeridade do (des)governo colocando este cartaz.


Concordo com o autor do "outdoor"....


POUPAR MAS SEM EXAGEROS


Hoje em dia a palavra de ordem é "poupar" ...
Porque o País precisa, porque a Troika "não-sei-quê", o futuro blá blá bla´....

No entanto, há que ter cuidado com os exageros pois todos nós bem sabemos e sentimos o que, por exemplo, o exagero nas medidas de austeridade está a provocar... retracção na economia sem que a poupança tenha um crescimento proporcional.

Vem tudo isto a propósito de observar a inusitada quantidade de pequenos carros que, hoje em dia, circulam nas nossas estradas.
Apesar da bondade das intenções de quem os adquire, bem vistas as coisas, podem tornar-se prejudiciais pois, apesar de proporcionarem alguma economia nos consumos de combustível, a sua reduzida dimensão não permite a utilização de lotação como os outros automóveis um pouco maiores.

Por exemplo, se depararmos com alguém a pedir boleia, nada mais podemos fazer que encolher os ombros e sorrir, perdendo excelentes oportunidades de socializar e de nos divertirmos partilhando transporte.

Pensem nisto antes de comprarem um "micro-carro".







TÁ A ACORDAR !!!!!!!!!





NÃO DIZES NADA PORQUÊ???

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

PARA QUEM GOSTA DE VOLEIBOL



Para os interessados nesta modalidade, realiza-se no proximo dia 5 de Outubro em Coimbra, o jogo para a atribuição da Supertaça, entre o SLb e o SC Espinho


terça-feira, 18 de setembro de 2012

A HISTÓRIA REPETE-SE ...

Um artigo publicado há mais de 140 anos num jornal Português ....

A 15 de Maio de 1875, com Guilherme de Azevedo e Guerra Junqueiro, que se ocultavam sob o pseudónimo de Gil Vaz, Bordalo lança o primeiro jornal de crítica diário. Saía todos os dias com excepção das Segundas, publicando-se primeiro à noite, e do 18º número em diante, de manhã.






SUZUKI: O ALUNO BRILHANTE



No primeiro dia de aulas, numa escola secundária dos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki, vindo do Japão.
...A aula começa e a professora diz:
Vamos ver quem conhece a história americana.

Quem disse: 'Dê-me a liberdade ou a morte?'
Silêncio total na sala. Apenas Suzuki levanta a mão: - 'Patrick
Henry em 1775, em Filadélfia'.

Muito bem, Suzuki. E quem disse: -'O Estado é o povo, e o povo não pode afundar-se?'
Suzuki: - 'Abraham Lincoln, em 1863, em Washington'.

A professora olha os alunos e diz:
- 'Não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana do que vocês!'
Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo: - 'Japonês filho da puta!'

- 'Quem foi?' - grita a professora
Suzuki levanta a mão e, sem esperar, responde:
- 'General McArthur, em 1941, em Pearl Halbour'.

A turma fica super silenciosa ... apenas  se ouve do fundo da sala:
- 'Acho que vou vomitar'.
A professora grita: - 'Quem foi?'. E Suzuki: - 'George Bush Pai, ao
Primeiro-Ministro Tanaka, durante um almoço em Tóquio, em 1991'.

Um dos alunos diz: - 'Chupa o meu pau!'

E a professora, irritada: -'Acabou-se! Quem foi agora?'
E Suzuki, sem hesitações: - 'Bill Clinton a Mónica Lewinsky, na Sala
Oval da Casa Branca, em Washington, em 1997'.

E outro aluno diz ao fundo: - 'Suzuki de merda!'
E Suzuki responde: - 'Valentino Rossi, no Grande Prémio do Brasil de Moto GP, no Rio de Janeiro, em 2002'.

A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta abre-se e entra
o diretor, que diz: -'Que merda é esta? Nunca vi uma confusão deste tamanho!

E Suzuki, bem alto: -'Nuno Crato para Miguel Relvas, em 2012, após ter recebido o relatório da inspeção feita à Universidade Lusófona ...